Deputada Estadual Paulista Erica Malunguinho indica Tata Katuvanjesi ao Prêmio Zumbi dos Palmares 2019

http://inzotumbansi.org/home/wp-content/uploads/2019/11/erica-malunguinho.jpgDeputada Estadual Paulista Erica Malunguinho indica Tata Katuvanjesi ao Prêmio Zumbi dos Palmares 2019

O auditório Franco Montoro da Assembleia Legislativa de São Paulo receberá na próxima quarta-feira (27/11) líderes do movimento negro e de terreiro que serão homenageados com Prêmio Zumbi dos Palmares, em sua 17ª edição. A homenagem, oferecida pelo Serviço de Defesa Contra o Racismo – SOS Racismo da Alesp, destaca pessoas que atuam no enfrentamento ao racismo, na luta por garantia de direitos e respeito.
Nesta edição, deputada estadual paulista, Erica Malunguinho(foto), indicou Tata Nkisi Katuvanjesi (Walmir Damasceno), do ILABANTU e dirigente tradicional do Terreiro de Candomblé Nzo Tumbansi, para ser homenageado e receberá o Prêmio Zumbi dos Palmares. Na sua justificativa, a Parlamentar, primeira mulher transexual da Assembleia Legislativa de São Paulo, destacou os relevantes serviços prestados por Katuvanjesi no enfrentamento do racismo.

Author Description

admin

There are 3 comments. Add yours

  1. 25th novembro 2019 | Ismair Benites de Oliveira says:
    Parabéns pelo trabalho desenvolvido. Indicação merecida.
  2. 29th novembro 2019 | Jaime vieira de Lima says:
    Bom dia , é muito estranho los negros do Brasil, lembrarem, vangloriarem ,quem escravizava os Demais irmãos de cor negra,,escravos, e ,ainda se sequer menciona r o nome do protetor dos negros ,que viveu na na mesma época ,me refiro a o Luiz Gama o protetor dos esvcravos!!!
  3. 29th novembro 2019 | admin says:
    Não caia nessa história de comparar duas pessoas de tempos completamente diferentes, nem acredite em tudo que falam. Quase não existem registros sobre Zumbi dos Palmares e quase tudo sobre sua história são reconstruções recentes, lenda e mitos. Muitas das histórias recentes sobre Palmares são tentativas de desconstrução da história da resistência no Brasil colonial. Luiz Gama tem sua importância, mas nasceu mais de 100 anos depois do fim de Palmares, em um contexto urbano, era jornalista e escritor. Não cabe comparação entre ambos. Recomendamos a leitura do seguinte artigo https://www.facebook.com/spiritosolto/posts/10217421480021345

Join the Conversation