Tata Nkisi Katuvanjesi é convidado especial no lançamento do livro Dona Beatriz Nsimba Vita, do angolano Patrício Batsikama

http://inzotumbansi.org/home/wp-content/uploads/2021/01/INSIMBA-VITA.jpgTata Nkisi Katuvanjesi é convidado especial no lançamento do livro Dona Beatriz Nsimba Vita, do angolano Patrício Batsikama

A história da famosa profetisa baKongo chega ao público brasileiro essa semana através do texto do antropólogo e historiador angolano, Patrício Batsîkama, que há décadas desenvolve pesquisas importantes sobre a África centro-ocidental e o antigo reino do Kongo.
O livro Dona Beatriz Ñsîmba Vita reúne documentos colhidos em arquivos pelo mundo ao longa de várias pesquisas de Batsîkama, que são confrontados pelas tradições orais, aprendidas ao longo da vida junto ao Tokoísmo, somadas às prolongadas pesquisas de campo. O autor interpreta as fontes produzidas pelos capuchinhos oitocentistas a partir da cosmologia bakongo, explicando diversos elementos que os padres europeus não conseguiram captar apresentando ao público um livro denso e interessantíssimo, que não se limita à personagem central, mas discorre sobre as formas de perceber o mundo espiritual centro-africano.
O livro Dona Beatriz Ñsîmba Vita é produzido pela editora brasileira Ancestre Produções Editoriais, empreendimento coletivo feminino que tem por objetivo dar visibilidade e centralidade ao pensamento africano e proporcionar o acesso à produção intelectual africana no Brasil. Para celebrar o lançamento do livro, a editora Ancestre organiza junto com o Núcleo Africano de Estudantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (NAE-UFRJ), um curso online com o autor entre os dias 25 e 29/01, em que o público terá oportunidade de dialogar e compreender melhor o contexto histórico e os conceitos da obra. O evento contará com a participação de estudantes de várias partes da lusofonia, professores universitários. Teremos como convidado especial, Tata Nkisi Katuvanjesi (Walmir Damasceno), é dirigente do Terreiro de Candomblé Inzo Tumbansi e coordenador do ILABANTU.
ÑSimba Vita era iniciada no Kimpasi, cujos conceitos espirituais encontram fortes referência no Candomblé Angola contemporâneo. A presença de Tata Nkisi Katuvanjesi será muito importante para compreender as relações entre a espiritualidade tradicional centro-africana e o Candomblé Angola no Brasil, afirma a professora Mariana Bracks, da Universidade Federal de Sergipe.
Dona Beatriz é bastante conhecida, interpretada de diversas maneiras na literatura. Contudo, há pouquíssimos estudos em perspectiva histórica, embasada em documentos com metodologia. O estudo que mais circula no mundo é o livro de John Thornton, escrito ainda em 1990, sem traduções e com preço inacessível no mercado dos PALOP. Thornton, professor de História da África na Boston University (Massachusetts, USA) e referência mundial em história centro-africana, contribui com a presente edição com o prefácio, em que reconhece a importância de se “contar o outro lado”, a perspectiva africana.
Ñsimba Vita é um exemplo importante de liderança feminina, nos âmbitos político e religioso, além de ser personagem é central para a compreensão das espiritualidade centro-africana. Ela revela imensa capacidade de conjugar os valores ancestrais com os símbolos e ideias cristãs. Seu legado é forte e atuante, tanto em Angola, com a Igreja Tokoísta e no Brasil, onde o Candomblé Angola mantém vivo os mesmos valores espirituais.
O autor optou por usar a grafia utilizada por seu avô, o tradicionalista Raphael Batsîkama. Ñsîmba Vita, ao invés de Kimpa Vita, como é mais frequente. A opção linguística é ancorada na gramática Kongo, cuja noções básicas acompanham a edição.

Esperamos que todos possam conhecer essa história fenomenal, que dá o status de heroína africana a Dona Beatriz, profetisa, Santo Antônio encarnada, libertadora, imortal, que nem o fogo pode acabar.
Mais informações, acesse: https://www.ancestreeditora.com/product-page/dona-beatriz-%C3%B1simba-vita

Author Description

admin

No comments yet.

Join the Conversation