Tiganá Santana faz show no Sesc Pompéia em São Paulo no lançamento de “Vida-Código”

Graduado em Filosofia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Tiganá Santana estudou as estruturas linguísticas dos idiomas Kimbundu e Kikongo, falados em Angola e na República Democrática do Kongo, África austral.

O artista foi o primeiro brasileiro a compor em línguas faladas em África: Kikongo, Kimbundu, Wolof e Mandinka estão presentes em toda a sua obra musical, assunto sobre o qual ele se debruça.
Tiganá, além da carreira artística e acadêmica é doutor pela Universidade de São Paulo (USP), iniciado no candomblé de nação Angola ocupando a posição de Kambandu (Xikarangoma) do Terreiro da lendária Nengwa Jaonsi, Mãe Zulmira do Terreiro Tumbenci, Lauro de Freitas, região metropolitana da capital baiana, é membro da coordenação do ILABANTU.

O compositor lança seu novo álbum amanhã com show às 19h00 no Teatro do SESC Pompéia, em São Paulo e para o qual convidou Tata Katuvanjesi – Walmir Damasceno. ‘Vida-Código’, foi gravado em Salvador, sua cidade natal.

Author Description

admin

No comments yet.

Join the Conversation