Rei do Bailundo aguardado no Brasil para visita histórica será destaque amanhã na mídia angolana

Digressão de rei tradicional bantu à América expressa sentimento de revitalização da herança africana

Os governos de Angola e do Brasil juntam esforços para, no início de Abril do presente ano, concretizarem a primeira visita de um rei africano, no quadro dos objectivos da Década Internacional dos Afrodescendentes, criada por resolução da Assembleia Geral da ONU no dia 23 de Dezembro último.

reiekwikwiV

Sob o tema “Afrodescendentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento”, a Década começou a ser celebrada a 1 de Janeiro deste ano, para um período que se estende ao dia 31 de Dezembro de 2024. Aumentar a consciencialização das sociedades no mundo quanto aos actos de preconceito, intolerância, xenofobia e racismo, são objetivos que a ONU se propõe alcançar no decénio.

A visita do Rei do Bailundo (região que comporta o planalto central de Angola) ao Brasil vai ser um facto histórico aguardado com grande expectativa, por ser a primeira de um soberano Bantu após a escravidão. Armindo Francisco Kalupeteca (Rei Ekuikui V) e sua esposa, a rainha Joaquina Kassueca Tauape visitam chegam à São Paulo (Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos) no dia 4 de Abril.

Em Brasília, Capital federal do Brasil, a notícia da visita do Rei do Bailundo ganhou importância após a manifestação de apoio do alto representante do Governo de Angola no Brasil, embaixador Nelson Manuel Cosme. A digressão de Ekuikui V ao Brasil foi idealizada por Taata Katuvanjesi (Walmir Damasceno), coordenador nacional do Instituto Latino Americano de Tradições Afro Bantu (ILABANTU), que já se encontrou com o diplomata angolano no passado dia 20, num encontro realizado na Embaixada de Angola, na presença de Patrícia Luiza Moutinho Zapponi e José Neves, da Central Organizada de Matriz Africana (Afrocom) que integra o Comité Nacional instituído para coordenar a visita do Rei tradicional bantu ao Brasil.

No encontro, o embaixador de Angola mostrou-se satisfeito com a iniciativa e manifestou o seu interesse em atribuir à visita do soberano do Bailundo ao Brasil o impacto que merece. A Embaixada predispôs-se em participar da elaboração do programa e roteiro da visita do Rei do Bailundo ao Brasil.

Taata Katuvanjesi, na acompanhado pela líder da Afrocom, foi ao Palácio do Buriti, sede do Governo do Distrito Federal, buscar apoio do subsecretário de Estado de Movimentos Sociais e Participação Popular, Acilino Ribeiro e de Vera Lucia Santana Araújo, secretaria adjunta da Igualdade Racial do GDF. A Câmara Legislativa do Distrito Federal também já apoia essa acção do Ilabantu e da Afrocom.

O líder do Ilabantu também procurou apoios do secretário executivo da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir/PR), Giovanni Harvey, e da secretaria de Politicas para Comunidades Tradicionais da Seppir, professora Silvany Euclênio Silva.

Para Taata Katuvanjesi, a visita do Rei Tradicional Bantu ao Brasil expressa um sentimento de revitalização histórica da herança africana e contribui com a valorização dos aportes culturais dos africanos e dos seus descendentes fortalecendo a Ancestralidade Africana no Brasil.

1 comentário em “Rei do Bailundo aguardado no Brasil para visita histórica será destaque amanhã na mídia angolana”

  1. Prezados, bom dia!
    Com muita satisfação apresento o nosso site da POUSADA PALANCA NEGRA, localizada em Serrambi – Ipojuca – Pernambuco.
    Uma Pousada com 5 blocos (vinte apartamentos), cada bloco com um nome em homenagem a cidade de Angola: Benguela, Luanda, Lubango, Malange e Sumbe).
    Nossa temática é a Africa – Angola.
    Seria uma grande honra poder ter a visita Do Rei Tradicional Bantu e seus representantes para conhecerem a nossa Pousada.

Deixe um comentário para Elizete Damasio Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.