Rei do povo Lunda Tchokwe realizará encontro espiritual e ancestral para promoção das culturas

Tchiwanhino Mahamba Malemba, que em língua Tchokwe significa Encontro Espiritual e Ancestral, está sendo organizada pelo Rei Mwatchissengue Wa Tembo, soberano do povo Tchokwe com a finalidade de promover os aportes culturais do povo leste de Angola, será realizada na sede do Reino para celebrar a visita de Tata Nkisi Katuvanjesi (Walmir Damasceno) dias 20, 21 e 22 de abril deste ano, em Saurimo, capital da Lunda Sul, República de Angola. Segundo a Majestade Tchokwe, em conferencia por vídeo chamada com Katuvanjesi na manhã desta sexta-feira (21 de janeiro), o evento contará com a participação de diversas e variadas autoridades do poder tradicional e espiritual entre Sobas, Séculos, Imbandas entre outros.
O Rei Lunda Tchokwe, Mwene Mwatchissengue Wa-Tembo, afirmou que “nosso Filho Katuvanjesi conhecerá hábitos, costumes e a cultura da região leste deste País da África central que está a ser bem preservada e valorizada”, e na sua visita a esta terra sagrada terá oportunidade de ver que “os mais velhos são os principais veículos de transmissão de hábitos, costumes, tradição e de história”. Tata Katuvanjesi assistirá várias cerimonias espirituais e ancestrais, as danças txianda, muango, ibanga, cafundeji, muchete, entre outras que simbolizam culturas dos Tchokwe, e passará pelo processo de iniciação nos ritos do Ngombo.
A visita, proporcionada pela Associação Mãos Livres – Angola, com apoio do advogado e deputado da Assembleía Nacional de Angola, David Mendes, dentro do acordo de cooperação com o ILABANTU, visa produção de Documentário sobre as culturas tradicionais e espirituais de grupos étnicos, será coordenado pelo estudante de história e antropologia, Kimdumbo da Cunha e pelo empresário e ativista das lutas sociais e direitos humanos, Nelson Mucazo Euclides.

3 comentários em “Rei do povo Lunda Tchokwe realizará encontro espiritual e ancestral para promoção das culturas”

  1. Zenaide de Oliveira Brito

    boa noite.

    maravilha não quero perder.
    não nasci em Africa, não moro em África, mas meu coração pertence Africa.
    amo este continente, de onde vieram meus ancestrais.

    Axé.

    Zenaide O. Brito.

    1. Albertosumanosumano

       Esse mérito é digno do trabalho árduo e honroso que vens efetuado há dezenas de anos. És um mensageiro vivo dos ANCESTRAIS e, creio que a sua vinda será um marco histórico de prestígio e benéfico na Comunidade Ngolana. Essa é a nossa terra e podes ter a certeza que não estás sozinho nessa jornada. Estás de parabéns ” Mestre ” ✊✊

  2.  Esse mérito é digno do trabalho árduo e honroso que vens efetuado há dezenas de anos. És um mensageiro vivo dos ANCESTRAIS e, creio que a sua vinda será um marco histórico de prestígio e benéfico na Comunidade Ngolana. Essa é a nossa terra e podes ter a certeza que não estás sozinho nessa jornada. Estás de parabéns ” Mestre ” ✊✊

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.