Embaixador de Angola convoca Katuvanjesi a Brasília para reunião sobre visita do Rei Bantu

Brasília/DF – Para tratar da visita do Rei do Bailundo, Armindo Francisco Kalupeteca “Ekuikui V”, e da Rainha, Apolinária Kassinda e do ministro da segurança do reino, Sabino Jerônimo, além de outros integrantes da comitiva real marcada para o dia 15 de abril deste ano ao Brasil e a outros países sul americano, o Taata Nkisi Katuvanjesi – Walmir Damasceno, foi convocado Brasília para uma reunião de trabalho com o alto representante do Governo de Angola no Brasil, o Embaixador Plenipotenciário e Extraordinário, Nelson Manuel Cosme.

walmir-damasceno-taata-katuvanjesi

A realização da reunião ocorrerá na sede da Embaixada de Angola em Brasília, dia 20/1(terça-feira), e tratará prioritariamente da visita do Soberano do Bailundo e comitiva ao território brasileiro, a primeira visita que se tem noticia de um Rei Tradicional Bantu ao Brasil após a escravidão.

Reunião semelhante ocorrerá com o Cônsul Geral de Angola em São Paulo, dia 22/1(quinta-feira), às 14h30, na sede do Consulado, a rua Estados Unidos, Jardins, região nobre da capital paulista.

Na semana passada o Secretário Municipal de Promoção da Igualdade Racial da Prefeitura de São Paulo, Antonio Pinto, que também recebeu Taata Katuvanjesi e manifestou apoio da municipalidade paulistana, considerando histórica a visita do Soberano em terras brasileiras.

There are 4 comments. Add yours

  1. 19th janeiro 2015 | helena vidal says:
    Também sou descendente de escravos, sou do Quilombo de Floriano Polis, o primeiro já certificado pela fundação Cultural Palmares. Pena que ele só vai passar por São Paulo, para nossa família teria um significado muito grande a presença do rei em nosso quilombo por também sofre nos muito.
  2. 19th janeiro 2015 | helena vidal says:
    que bom tambem quero conhecer o rei
  3. 20th janeiro 2015 | ifamuyiwa kiite akambi oridota says:
    Quero participar da visita do rei
  4. 20th janeiro 2015 | admin says:
    O Rei irá passar por diversas cidades, não apenas por São Paulo.

Join the Conversation