Taata Katuvanjesi será homenageado em Salvador com o Troféu Axé Bahia Olorún Eledá

Para o líder da Federação Nacional do Culto Afro Brasileiro, a homenagem a Katuvanjesi se dá em função do seu compromisso e comprometimento na luta em defesa dos povos e comunidades tradicionais de matriz africana

walmir-damasceno-taata-katuvanjesi

Salvador/Ba – O Taata Nkisi Katuvanjesi – Walmir Damasceno será homenageado com o Troféu Axé Bahia Olorún Eledá para titulares de terreiro com 25 e 50 anos de iniciação no candomblé. O comunicado foi feito pelo presidente da Federação Nacional do Culto Afro Brasileiro (Fenacab, ex-Febacab), bàbàlòórisà-àgbà Aristides Mascarenhas, o pai Ari d`Ajagunã, dirigente tradicional do Ilê Asé Opô Ajagunã, estabelecido no bairro de Areia Branca, Lauro de Freitas, região metropolitana sul da grande Salvador.

O Troféu Axé Bahia Olorún Eledá, é uma importante e significativa condecoração historicamente concedida pela Fenacab às autoridades tradicionais de matriz africana pela entidade estabelecida em Salvador.

trofeu-axe-bahia

Para o líder da mais antiga e respeitada organização de defesa e proteção do candomblé, a Fenacab, “a homenagem a Katuvanjesi se dá em função do seu compromisso e comprometimento na luta em defesa dos povos e comunidades tradicionais de matriz africana e pela sua senioridade no candomblé”. O prêmio este ano celebra sua 14ª edição e será realizado dia 24 deste mês a partir das 19h00 no anexo da Câmara Municipal da cidade do Salvador, centro da capital baiana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.