Conferência discutiu Ancestralidade Bantu no Baixo Sul da Bahia: memória e convivência religiosa com Mame’etu Kasanji

Aconteceu 18 de maio de 2016, a Conferência do Coletivo de Estudos e Pesquisas de Matriz Africana, onde foi discutido “Ancestralidade Bantu no Baixo Sul da Bahia: memória e convivência religiosa” no auditório Tempo Livre, da Escola Caxuté.

O objetivo da conferência foi alimentar o acervo do memorial Mame’etu Kasanji, idealizado pelo Taata Luangomina, pesquisador sobre a trajetória de Mãe Mira (Mame’etu Kasanji) que estará sendo criado pela Associação Religiosa e Cultural Terreiro Caxuté Tempo Marvila Senzala do Dendê, para, como também, contribuir com a produção de registro sobre a convivência religiosa de dois sacerdotes que tiveram em suas vidas a presença sacerdotal da saudosa rainha negra do território do Baixo Sul.

A conferência trouxe trocas de experiências do Taata Kwa Nkisi Katuvanjesi e da Mame’etu Kwa Nkisi Kafurêngá.

Confira as imagens desse grandiosos evento:

13235181_1080543592002782_55031428709758396_o

13235094_1080543505336124_295301274875284310_o

13246244_1080543365336138_2892183219966369075_o

13268160_1080543228669485_2803659620098377169_o

13254674_1080543188669489_3624791831981250708_o
Keza Dia Nzambi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.