Inzo Tumbansi

As famílias de Santo no Candomblé de Congo-Angola

*por Tata Kiundundulu – Professor Doutor Sérgio Paulo Adolfo, Tata Kisaba do Nzo Tumbansi Em um artigo intitulado TOMA KWIIZA KYA KIZOONGA BANTU! NZAAMBI KAKALA YETO! de Taata Lubitu Konmannanjy – Unzó kwa Mpaanzu – Raimundo Nonato da Silva, publicado no site http://www.inzotumbansi.org/, o autor nos apresenta uma composição das famílias de santo pertencentes ao […]

As famílias de Santo no Candomblé de Congo-Angola Read More »

Kizoomba diá Kitembu ye Nzazi revitaliza tradição religiosa afro bantu

No dia 5 de setembro de 2009, às 22h00, o Inzo Ia Tumbansi, sob a direção de Tata Katuvanjesi, o jornalista baiano Walmir Damasceno, abriu suas portas para receber os muitos convidados e dar início as festividades previstas. Estavam presentes, além dos filhos de santo da casa, vindos de vários cantos do país, autoridades religiosas

Kizoomba diá Kitembu ye Nzazi revitaliza tradição religiosa afro bantu Read More »

O Português Língua não Materna como Produto das Estruturas das L1 (Bantu)

Rui Marcelino Matsimbe Cumbane (CLUL – Centro de Linguística da Universidade de Lisboa) rcumbane@macedo.ipiaget.org Introdução Consideramos que o conhecimento das causas da produção dos enunciados que sumariamente iremos apresentar é importante quer para os professores de língua Portuguesa cujos alunos são provenientes dos PALOP, assim como outros alunos cuja língua materna pertence ao grupo Bantu (uma vez que grande parte

O Português Língua não Materna como Produto das Estruturas das L1 (Bantu) Read More »

À propósito das máscaras (Tradução livre de Tata Kisaba Kiundundulu)

A arte primitiva africana não deixa ninguém indiferente, porque ela provoca no observador um largo espectro de emoções, além da serenidade, do maravilhamento, seguido de uma sensação indecifrável, de atração e de perplexidade. Está arte é a fonte da humanidade e permanece imutável através dos tempos apesar das vicissitudes por que tem passado o continente

À propósito das máscaras (Tradução livre de Tata Kisaba Kiundundulu) Read More »

A Contribuição Bantu para o Português do Brasil

Muitos termos do Português falado na Brasil têm origem bantu e foram introduzidos pelas populações negras trazidas do continente africano a partir do século XVI – afirma, em pesquisa recente, a assessora técnica em Línguas Africanas do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, Yeda Pessoa de Castro. Dos cerca de quatro milhões de indivíduos

A Contribuição Bantu para o Português do Brasil Read More »

Cosmogonia, feitiçaria e magia entre os Bakongo

No momento, utilizaremos a palavra Kongo no que se refere as populações bantu chamadas Bakongo (pl.) originárias do antigo reino do Kongo que compreende os dois Congos (ex Belga e Francês), assim como o país de Angola e a atual Cabinda. Sendo assim, os cultos sincréticos afro-americanos que serão analisados trazem emblematicamente em seus nomes

Cosmogonia, feitiçaria e magia entre os Bakongo Read More »

Maria Genoveva do Bonfim: O Nascimento da Nação Congo/Angola no Brasil

Profº Drº Sergio Paulo Adolfo – Tata Kisaba Kiundundulu A história do candomblé de congo-angola no Brasil está amparada quase que só na oralidade do Povo-de-santo angoleiro e seus registros escritos bibliográficos expressivos são muito escassos. Os poucos registros existentes são de Edison Carneiro, dignos de crédito, é verdade, mas em alguns momentos extremamente confusos

Maria Genoveva do Bonfim: O Nascimento da Nação Congo/Angola no Brasil Read More »

Diáspora negra na América do Sul: A matriz africana do Brasil tem contornos principalmente Bantu

Profº Drº Simão Souindoula, que em agosto estará sendo homenageado no Inzo Ia Tumbansi Prof. Dr. Simao SOUINDOULA Vice-presidente do Comitê Cientifico Internacional do Projeto da UNESCO « A Rota do Escravo Isto e, em substancia, o que se pode reter, do segundo volume da serie Sankofa, obra colectivo intitulado « Cultura em movimento.Matrizes africanas

Diáspora negra na América do Sul: A matriz africana do Brasil tem contornos principalmente Bantu Read More »

Instituições Religiosas

As histórias mitológicas que tem como motivo as instituições religiosas nos são muito preciosas porque revelam por sob o véu da aparente opacidade a gênese de instituições religiosas que permaneceram e receberam o sopro renovador, transformando-se sem perder a essência, nas instituições religiosas afro-bantu no Brasil. É certo que não temos aqui práticas como a

Instituições Religiosas Read More »