Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados aprova realização de audiência pública para apurar violências contra povos de terreiros

Requerimento 145/2019 de autoria do deputado federal Helder Salomão, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, foi votado e aprovado na reunião deliberativa ocorrida na tarde de hoje(20/11), – que “requer a realização de Audiência Pública para discutir as perseguições sistemáticas e violentas a que são submetidas os povos e comunidades tradicionais de matriz africana”. Proposta neste sentido foi encaminhada pelo ILABANTU – Inzo Tumbansi.

O coordenador do Instituto Latino Americano de Tradições Bantu e dirigente tradicional do Terreiro de Candomblé Inzo Tumbansi, Tata Nkisi Katuvanjesi (Walmir Damasceno), ao justificar seu pedido a CDHM, manifestou preocupação com as mais diversas formas de violências a que são submetidos povos e comunidades tradicionais, a quebra-quebra de Terreiros, invasão e expulsões de líderes religiosos das suas casas, destruição de elementos sagrados de umbanda e candomblé, além dos homicídios que chegam a um estado assombroso, longe das estatísticas oficiais, as agressões e perseguições sistemáticas continuada, sem que providências, para seu enfrentamento, sejam adotadas pelo estado brasileiro em flagrante afronta aos direitos humanos, sentenciou Katuvanjesi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.